Campanha de vacinação antirrábica será em junho

(Fonte)

Na primeira quinzena do próximo mês de junho, dias 3 e 10 – dois primeiros sábados – a Vigilância Epidemiológica organiza a Campanha Municipal de Vacinação contra a raiva animal, doses destinadas para cães e gatos acima de três meses de vida.

A imunização destes animais é essencial para a saúde pública, pois, uma vez manifestada a incidência de raiva animal, passa haver perigo real de contágio para o ser humano. A raiva é um vírus que pode ser transmitida dos animais contaminados para o homem e a taxa de mortalidade da doença – que atinge apenas os mamíferos – é de praticamente 100% dos casos.

Os principais transmissores são os animais silvestres como morcegos, gambás, macacos entre outros, que contaminam cachorros, gatos e o próprio ser humano de forma acidental. O contágio é feito por meio de “troca” de secreções, pelo contato sanguíneo, ou mordida.

A raiva canina tem alguns tipos e fases e é incurável. Somente a vacinação prévia pode evitar a proliferação da doença. Os principais sintomas são o aparecimento repentino de agressividade do animal contaminado, salivação excessiva e paralisia, além de mudança de comportamento, tornando o animal mais quieto, cansado e bravo, que se “esconde” em locais escuros e ficam agitados. Esta fase inicial tem duração aproximada de um a três dias, e os sintomas, após o período de incubação pode variar de três a seis semanas.

Segundo a agenda programada pela Vigilância Epidemiológica, a vacinação acontece em duas etapas: dia 3 (sábado), das 9 às 16 horas, a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos será realizada, nos seguintes postos:

Vila Santa Fé – USF da Vila Santa Fé; Cachoeira de Emas – USF do Jardim Limoeiro; Zona Norte – USF do Jardim São Valentim, USF do Parque Clayton Malaman e EMEI “Professora Lenira Papa”, portão dos fundos, no Jardim das Laranjeiras.

A vacinação prossegue no dia 10 – segundo sábado do mês de junho – para mais nove unidades: Jardim Ferrarezi – USF do Jardim Ferrarezi; Centro – chaveiro, em frente ao Supermercado Covabra; Vila São Pedro – USF da Vila São Pedro; Jardim São Fernando – Igreja Santa Rita de Cássia; Jardim Morumbi – EMEI “Professora Therezinha Rodrigues”; Vila Redenção – USF da Vila Redenção; Jardim Kamel – USF do Jardim Kamel; Jardim do Lago – portão dos fundos do Parque Municipal “Temístocles Marrocos Leite”; Vila Pinheiro – na sede da Secretaria Municipal de Saúde, à rua Siqueira Campos, nº 1116.

Informações gerais sobre a vacinação e outras atividades da Vigilância Epidemiológica podem ser obtidas no CEM ou pelo telefone (19) 3561-6292.

Na primeira quinzena do próximo mês de junho, dias 3 e 10 – dois primeiros sábados – a Vigilância Epidemiológica organiza a Campanha Municipal de Vacinação contra a raiva animal, doses destinadas para cães e gatos acima de três meses de vida.

A imunização destes animais é essencial para a saúde pública, pois, uma vez manifestada a incidência de raiva animal, passa haver perigo real de contágio para o ser humano. A raiva é um vírus que pode ser transmitida dos animais contaminados para o homem e a taxa de mortalidade da doença – que atinge apenas os mamíferos – é de praticamente 100% dos casos.

Os principais transmissores são os animais silvestres como morcegos, gambás, macacos entre outros, que contaminam cachorros, gatos e o próprio ser humano de forma acidental. O contágio é feito por meio de “troca” de secreções, pelo contato sanguíneo, ou mordida.

A raiva canina tem alguns tipos e fases e é incurável. Somente a vacinação prévia pode evitar a proliferação da doença. Os principais sintomas são o aparecimento repentino de agressividade do animal contaminado, salivação excessiva e paralisia, além de mudança de comportamento, tornando o animal mais quieto, cansado e bravo, que se “esconde” em locais escuros e ficam agitados. Esta fase inicial tem duração aproximada de um a três dias, e os sintomas, após o período de incubação pode variar de três a seis semanas.

Segundo a agenda programada pela Vigilância Epidemiológica, a vacinação acontece em duas etapas: dia 3 (sábado), das 9 às 16 horas, a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos será realizada, nos seguintes postos:

Vila Santa Fé – USF da Vila Santa Fé; Cachoeira de Emas – USF do Jardim Limoeiro; Zona Norte – USF do Jardim São Valentim, USF do Parque Clayton Malaman e EMEI “Professora Lenira Papa”, portão dos fundos, no Jardim das Laranjeiras.

A vacinação prossegue no dia 10 – segundo sábado do mês de junho – para mais nove unidades: Jardim Ferrarezi – USF do Jardim Ferrarezi; Centro – chaveiro, em frente ao Supermercado Covabra; Vila São Pedro – USF da Vila São Pedro; Jardim São Fernando – Igreja Santa Rita de Cássia; Jardim Morumbi – EMEI “Professora Therezinha Rodrigues”; Vila Redenção – USF da Vila Redenção; Jardim Kamel – USF do Jardim Kamel; Jardim do Lago – portão dos fundos do Parque Municipal “Temístocles Marrocos Leite”; Vila Pinheiro – na sede da Secretaria Municipal de Saúde, à rua Siqueira Campos, nº 1116.

Informações gerais sobre a vacinação e outras atividades da Vigilância Epidemiológica podem ser obtidas no CEM ou pelo telefone (19) 3561-6292.

Post Author: admin

Deixe uma resposta